1Alta latência ou “ping alto”, o que pode ser?
A alta latência, ou ‘ping alto’, como também é conhecido, pode ser causado por diversos fatores. Vão desde a alto consumo da banda
contratada a interferências internas ou externas na rede. No caso de jogos, pode ser ocasionado devido ao alto tráfego no servidor do
jogo ou a deficiência na comunicação do serviço, lembrando que isso independe de provedor.
Uma possível solução é verificar se o jogo tem um servidor nacional, pois o tempo de resposta diminui drasticamente. A alta latência
também pode ser derivada de má comunicação ou interferência na rede, como por exemplo nas redes Wi-Fi. Se houver interferência,
pode haver alta latência, pois a comunicação entre os dispositivos está afetada, tornando assim a conexão cabeada a melhor escolha
em estabilidade.
Caso não haja outra forma de utilização a não ser a rede Wi-Fi, tecnologias como a 5GHz e Mesh podem ser usadas para melhor
desempenho e entrega de banda. Ainda, devemos levar em consideração outros fatores que são explicados na sessão “Wi-Fi
problemas e soluções”.
2Não consigo participar das aulas e reuniões online, fica travando, o que fazer?
A primeira coisa que devemos considerar ao notarmos este problema deve ser:
• Tipo de conexão utilizada;
• Equipamento utilizado;
• Velocidade contratada;
• Utilização da velocidade;
• Status do serviço;
• Atualização do aplicativo ou sistema;
• Outras conexões participantes.
O tipo da conexão utilizada deve ser levado em conta pois a rede Wi-Fi, por sofrer interferência, pode ser a maior causa de problemas.
Devemos lembrar que com o passar dos anos e a melhoria da tecnologia, equipamentos antigos tornam-se obsoletos para utilização
de alguns serviços. A quantidade de recursos disponíveis pode gerar sobrecarga em equipamentos muito antigos acarretando em
travamentos.
A velocidade contratada deve ser levada em conta pois streamings de vídeo utilizados em reuniões como Google Meet ou Zoom
utilizam cerca de 2Mb à 5Mb de consumo por tela, requisitando assim uma velocidade superior a essas. Sobre a utilização da
velocidade. Se o plano contratado fosse de 100Mb, supriria com folga uma reunião ou videoaula, porém, devemos levar em
consideração se outros dispositivos estão utilizando nossa rede local ou toda a nossa banda contratada. A Netflix, por exemplo,
recomenda uma velocidade de 25 Mbps para vídeos em 4K, portanto, toda a utilização de internet por mínima que seja pode
contribuir para uma lentidão ou travamento.
Outro ponto muito importante a ser considerado é o status do serviço. A primeira impressão quando um serviço não funciona é que
há um problema com o provedor de internet, porém, devemos verificar se outros dispositivos apresentam o mesmo problema.
Também podemos utilizar recursos como sites ou um fórum responsável que trata do serviço em questão. Sites como o Down
Detector nos ajudam a saber se há um problema ou o status do serviço desejado, contando com a ajuda de diversos usuários.
Também podemos verificar se nosso sistema ou aplicativo está atualizado. Pode ser que foram feitas correções no aplicativo ou site
que só funcionam ou tem mais estabilidade se o ele estiver atualizado. Infelizmente, outros usuários podem estar sendo afetados por
algum dos problemas citados, podemos ajudá-los orientando sobre as possíveis causas e soluções.
3Apenas algum/alguns dispositivos não conectam no Wi-Fi, o que posso fazer?
A causa geralmente é alguma configuração do roteador. Podemos verificar as seguintes questões:
• Canal do roteador: deve estar sempre em automático;
• Frequência de operação;
• Equipamento compatível com 2,4 GHz e 5 GHz;
• Criptografia de rede ou chave de segurança;
• Alguns equipamentos não conseguem se conectar a criptografia WPA2 ou WAP3;
• Nome da rede Wi-Fi;
• Muitos equipamentos não entendem espaços no nome da rede WI-Fi, por isso não conectam. Pode-se usar underline (_) para
substituir os espaços;
• Atualização do roteador;
• Há ainda casos em que equipamentos não conectam ao Wi-Fi devido ao roteador não estar na última atualização.
4Como saber a compatibilidade dos meus dispositivos?
Uma solução para saber se meu dispositivo é compatível com a rede Wi-Fi é verificar na pesquisa de redes próximas se aparece o
nome da rede Wi-Fi. Na rede 5 GHz, por exemplo, podemos verificar se aparece o nome seguido de 5G, por exemplo:
REDE_WI-FI_5G. Caso não estiver nomeada assim, a rede 5 GHz devemos verificar nas configurações do dispositivo em WI-FI e
analisar as propriedades da conexão atual.
5Não consigo assistir Netflix, internet cai toda hora. O que fazer?
A Netflix é um serviço de streaming como muitos outros. Por isso, depende muito da velocidade e estabilidade da internet. Devemos
sempre verificar a forma como estamos utilizando a internet e se o nosso roteador está trabalhando de maneira adequada. Podemos
reiniciar os equipamentos e averiguar se o problema persiste. Ainda, há ferramentas que nos ajudam a detectar problemas com
serviço como o Down Detector.
6Minha Internet desconecta o tempo todo, o que fazer?
Se isso acontece, a primeira coisa a ser verificada são os outros dispositivos no local ou se é só com o Wi-Fi. Se acontece com todos os
dispositivos pode ser um problema com o roteador, e se é somente com os equipamentos do Wi-Fi pode ser interferência. Podemos
resolver verificando e padronizando as configurações do roteador ou atualizando seu sistema para a última versão. Podemos também
verificar se os cabos de rede estão em boas condições, se precisam ser trocados ou refeitos.
7Estou sem conexão ou sem navegação? O que fazer?
Primeiramente, verificamos se o problema acontece em um só dispositivo. Se ocorre somente no computador, por exemplo, podemos
verificar se o DNS está configurado e até limpar o cache de navegação e o DNS. Também podemos verificar se estamos sem navegação
somente em um site ou um conjunto de serviços. Se o problema persistir mesmo após todos os procedimentos de reinicio de equipamentos à
verificação das configurações, devemos entrar em contato com o provedor.

O que as luzes dos equipamentos indicam? Entenda o funcionamento dos mesmos através de suas luzes: ONU/Roteador.

Modem ou ONU

PON – Quando está constantemente acesa significa que há conexão óptica
estável. Quando está piscando, quer dizer que não está registrada ou
autenticada no sistema.
LOS – Quando pisca em vermelho significa que não há conexão óptica e há a
necessidade de reparo. O rompimento pode não ser na fibra de um único
cliente, envolvendo assim um conjunto de clientes ou até mesmo cidades.
LAN – É a conexão cabeada RJ-45. Ela que transmite a conexão do modem
para os demais equipamentos.
POWER – É a luz indicativa de energia no equipamento. Se não estiver acesa
indica problemas na fonte ou tomada.
Roteador

Power – Indica se o equipamento está ligado.
Wi-Fi – Indica se estão sendo utilizados.
WPS – Indica se o recurso foi ativado.
LAN – Indica se as portas LAN estão sendo utilizadas.
Internet – Se está verde, indica conexão com a internet, se está piscando laranja,
indica que não há conexão com a internet ou o roteador não está configurado
corretamente.
8Estou com problemas em jogos: Ping alto, Nat estrita, moderada e dupla o que fazer?
Os problemas relacionados a jogos na maioria das vezes são relacionados a problemas externos ou no próprio servidor do game. Mas
quando isso acontece na sua rede, o que podemos fazer? Para garantir maior estabilidade na rede, recomenda-se a utilização de cabo
LAN até o equipamento utilizado, também podemos configurar o roteador em modo Bridge, que resolve a maioria dos casos de NAT
estrita e moderada ou ainda NAT dupla. Uma outra saída é verificar se o seu jogo tem um servidor brasileiro, diminuindo assim a
latência ou tempo de resposta com o jogo. Caso o problema não seja resolvido mesmo após contato com o suporte do jogo e os
procedimentos acima descritos, o suporte técnico da Raimax poderá analisar outras possibilidades para tentar ajudar.
9Wi-Fi: problemas e soluções
Estamos vivendo em uma era extremamente tecnológica com dispositivos sem fio, casas automatizadas, assistentes virtuais, vestíveis
inteligentes e até mesmo carros autônomos. Toda essa tecnologia tem um preço: “Custo, alcance, tecnologia, velocidade e
estabilidade.”

Custo
Quanto melhor o equipamento, mais caro ele é, porém, o mercado tem ótimas opções de custo x benefício. Temos de encontrar
aquilo que se enquadra em nossa situação ou condição financeira.

Alcance
Quanto maior o local onde instalaremos nossa rede WI-FI, mais equipamentos ou melhores eles devem ser. Hoje temos várias
soluções que cobrem a necessidade de locais de grande porte como as redes MESH. A rede MESH é uma rede de dois ou mais
dispositivos unificados pelo mesmo nome. Estes dispositivos trabalham em conjunto com uma comunicação independente
dispensando assim a necessidade de cabos para conectá-los. A rede MESH trabalha como o mesmo nome de rede possibilitando
assim a alternância entre dispositivos sem a desconexão e conexão de um para o outro proporcionando a tão sonhada estabilidade.

Tecnologia
Devido a vasta gama de opções em dispositivos, a escolha de qual comprar se enquadra mais no que precisamos. Devemos levar em
conta qual a velocidade temos, a estabilidade que precisamos e o alcance que queremos. Ainda, devemos levar em conta o perímetro
do local e obstruções. Fazendo isso acertaremos em cheio na nossa escolha.

Velocidade
Qual o melhor plano? Nem sempre é o de maior velocidade, mas sim, aquele que se enquadra melhor em nosso uso. De acordo com o
número de dispositivos e serviços que utilizamos, fazemos um cálculo aproximado e encontramos a melhor solução. Então, fazemos a
escolha de um roteador ou rede compatível com a nossa necessidade.

Estabilidade A tão sonhada estabilidade. Para conseguirmos estabilidade devemos escolher roteadores compatíveis com a nossa velocidade e
alcance. Também devemos verificar se a tecnologia de nossos equipamentos Wi-Fi é antiga demais. A partir daí, unindo todos os
quesitos anteriores alcançaremos a estabilidade.
OBS: é importante sempre ter em mente que o Wireless/Wi-Fi é passível de interferência e instabilidade mesmo com a melhor
tecnologia. Caso seja imprescindível a estabilidade, recomenda-se utilizar o cabo de rede.
10Aplicativos e serviços: possíveis causas de problemas
Quando utilizamos um aplicativo ou serviço estamos sujeitos a problemas por parte dos mesmos. Esses serviços tem servidores que
armazenam dados das plataformas e estão sujeitos a ataques, indisponibilidades e falhas. Isso pode afetar a nossa experiência ou
utilização. Na maioria dos casos, ligamos imediatamente para o provedor pensando que o problema está lá, mas não é o que
geralmente acontece.
Dito isso, o que fazer quando tenho um problema? Podemos testar em outros dispositivos, reiniciar a nossa rede desligando e ligando
nossos equipamentos, trocando nosso DNS, atualizar nossos aplicativos e verificar o status do serviço nos sites das plataformas ou em
sites que monitoram a estabilidade como o Down Detector.
O provedor de internet estará sempre à disposição para ajudar, mas executando esses procedimentos antes e verificando a
disponibilidade, vamos ter mais autonomia na resolução dos problemas em nossa conexão.
Confira nosso Painel de Ocorrências!
Clique aqui
Se os problemas de conexão persistirem,
entre em contato conosco.

Suporte:

Segunda a sexta-feira, das 8h30 às 22h
Sábado, das 9h às 21h
Domingo, das 9h às 21h

(35) 3339-2400

1Alta latência ou “ping alto”, o que pode ser?
A alta latência, ou ‘ping alto’, como também é conhecido, pode ser causado por diversos fatores. Vão desde a alto consumo da banda
contratada a interferências internas ou externas na rede. No caso de jogos, pode ser ocasionado devido ao alto tráfego no servidor do
jogo ou a deficiência na comunicação do serviço, lembrando que isso independe de provedor.
Uma possível solução é verificar se o jogo tem um servidor nacional, pois o tempo de resposta diminui drasticamente. A alta latência
também pode ser derivada de má comunicação ou interferência na rede, como por exemplo nas redes Wi-Fi. Se houver interferência,
pode haver alta latência, pois a comunicação entre os dispositivos está afetada, tornando assim a conexão cabeada a melhor escolha
em estabilidade.
Caso não haja outra forma de utilização a não ser a rede Wi-Fi, tecnologias como a 5GHz e Mesh podem ser usadas para melhor
desempenho e entrega de banda. Ainda, devemos levar em consideração outros fatores que são explicados na sessão “Wi-Fi
problemas e soluções”.
2Não consigo participar das aulas e reuniões online, fica travando, o que fazer?
A primeira coisa que devemos considerar ao notarmos este problema deve ser:
• Tipo de conexão utilizada;
• Equipamento utilizado;
• Velocidade contratada;
• Utilização da velocidade;
• Status do serviço;
• Atualização do aplicativo ou sistema;
• Outras conexões participantes.
O tipo da conexão utilizada deve ser levado em conta pois a rede Wi-Fi, por sofrer interferência, pode ser a maior causa de problemas.
Devemos lembrar que com o passar dos anos e a melhoria da tecnologia, equipamentos antigos tornam-se obsoletos para utilização
de alguns serviços. A quantidade de recursos disponíveis pode gerar sobrecarga em equipamentos muito antigos acarretando em
travamentos.
A velocidade contratada deve ser levada em conta pois streamings de vídeo utilizados em reuniões como Google Meet ou Zoom
utilizam cerca de 2Mb à 5Mb de consumo por tela, requisitando assim uma velocidade superior a essas. Sobre a utilização da
velocidade. Se o plano contratado fosse de 100Mb, supriria com folga uma reunião ou videoaula, porém, devemos levar em
consideração se outros dispositivos estão utilizando nossa rede local ou toda a nossa banda contratada. A Netflix, por exemplo,
recomenda uma velocidade de 25 Mbps para vídeos em 4K, portanto, toda a utilização de internet por mínima que seja pode
contribuir para uma lentidão ou travamento.
Outro ponto muito importante a ser considerado é o status do serviço. A primeira impressão quando um serviço não funciona é que
há um problema com o provedor de internet, porém, devemos verificar se outros dispositivos apresentam o mesmo problema.
Também podemos utilizar recursos como sites ou um fórum responsável que trata do serviço em questão. Sites como o Down
Detector nos ajudam a saber se há um problema ou o status do serviço desejado, contando com a ajuda de diversos usuários.
Também podemos verificar se nosso sistema ou aplicativo está atualizado. Pode ser que foram feitas correções no aplicativo ou site
que só funcionam ou tem mais estabilidade se o ele estiver atualizado. Infelizmente, outros usuários podem estar sendo afetados por
algum dos problemas citados, podemos ajudá-los orientando sobre as possíveis causas e soluções.
3Apenas algum/alguns dispositivos não conectam no Wi-Fi, o que posso fazer?
A causa geralmente é alguma configuração do roteador. Podemos verificar as seguintes questões:
• Canal do roteador: deve estar sempre em automático;
• Frequência de operação;
• Equipamento compatível com 2,4 GHz e 5 GHz;
• Criptografia de rede ou chave de segurança;
• Alguns equipamentos não conseguem se conectar a criptografia WPA2 ou WAP3;
• Nome da rede Wi-Fi;
• Muitos equipamentos não entendem espaços no nome da rede WI-Fi, por isso não conectam. Pode-se usar underline (_) para
substituir os espaços;
• Atualização do roteador;
• Há ainda casos em que equipamentos não conectam ao Wi-Fi devido ao roteador não estar na última atualização.
4Como saber a compatibilidade dos meus dispositivos?
Uma solução para saber se meu dispositivo é compatível com a rede Wi-Fi é verificar na pesquisa de redes próximas se aparece o
nome da rede Wi-Fi. Na rede 5 GHz, por exemplo, podemos verificar se aparece o nome seguido de 5G, por exemplo:
REDE_WI-FI_5G. Caso não estiver nomeada assim, a rede 5 GHz devemos verificar nas configurações do dispositivo em WI-FI e
analisar as propriedades da conexão atual.
5Não consigo assistir Netflix, internet cai toda hora. O que fazer?
A Netflix é um serviço de streaming como muitos outros. Por isso, depende muito da velocidade e estabilidade da internet. Devemos
sempre verificar a forma como estamos utilizando a internet e se o nosso roteador está trabalhando de maneira adequada. Podemos
reiniciar os equipamentos e averiguar se o problema persiste. Ainda, há ferramentas que nos ajudam a detectar problemas com
serviço como o Down Detector.
6Minha Internet desconecta o tempo todo, o que fazer?
Se isso acontece, a primeira coisa a ser verificada são os outros dispositivos no local ou se é só com o Wi-Fi. Se acontece com todos os
dispositivos pode ser um problema com o roteador, e se é somente com os equipamentos do Wi-Fi pode ser interferência. Podemos
resolver verificando e padronizando as configurações do roteador ou atualizando seu sistema para a última versão. Podemos também
verificar se os cabos de rede estão em boas condições, se precisam ser trocados ou refeitos.
7Estou sem conexão ou sem navegação? O que fazer?
Primeiramente, verificamos se o problema acontece em um só dispositivo. Se ocorre somente no computador, por exemplo, podemos
verificar se o DNS está configurado e até limpar o cache de navegação e o DNS. Também podemos verificar se estamos sem navegação
somente em um site ou um conjunto de serviços. Se o problema persistir mesmo após todos os procedimentos de reinicio de equipamentos à
verificação das configurações, devemos entrar em contato com o provedor.

O que as luzes dos equipamentos indicam? Entenda o funcionamento dos mesmos através de suas luzes: ONU/Roteador.

Modem ou ONU

PON – Quando está constantemente acesa significa que há conexão óptica
estável. Quando está piscando, quer dizer que não está registrada ou
autenticada no sistema.
LOS – Quando pisca em vermelho significa que não há conexão óptica e há a
necessidade de reparo. O rompimento pode não ser na fibra de um único
cliente, envolvendo assim um conjunto de clientes ou até mesmo cidades.
LAN – É a conexão cabeada RJ-45. Ela que transmite a conexão do modem
para os demais equipamentos.
POWER – É a luz indicativa de energia no equipamento. Se não estiver acesa
indica problemas na fonte ou tomada.
Roteador

Power – Indica se o equipamento está ligado.
Wi-Fi – Indica se estão sendo utilizados.
WPS – Indica se o recurso foi ativado.
LAN – Indica se as portas LAN estão sendo utilizadas.
Internet – Se está verde, indica conexão com a internet, se está piscando laranja,
indica que não há conexão com a internet ou o roteador não está configurado
corretamente.
8Estou com problemas em jogos: Ping alto, Nat estrita, moderada e dupla o que fazer?
Os problemas relacionados a jogos na maioria das vezes são relacionados a problemas externos ou no próprio servidor do game. Mas
quando isso acontece na sua rede, o que podemos fazer? Para garantir maior estabilidade na rede, recomenda-se a utilização de cabo
LAN até o equipamento utilizado, também podemos configurar o roteador em modo Bridge, que resolve a maioria dos casos de NAT
estrita e moderada ou ainda NAT dupla. Uma outra saída é verificar se o seu jogo tem um servidor brasileiro, diminuindo assim a
latência ou tempo de resposta com o jogo. Caso o problema não seja resolvido mesmo após contato com o suporte do jogo e os
procedimentos acima descritos, o suporte técnico da Raimax poderá analisar outras possibilidades para tentar ajudar.
9Wi-Fi: problemas e soluções
Estamos vivendo em uma era extremamente tecnológica com dispositivos sem fio, casas auto matizadas, assistentes virtuais, vestíveis
inteligentes e até mesmo carros autônomos. Toda essa tecnologia tem um preço: “Custo, alcance, tecnologia, velocidade e
estabilidade.”

Custo
Quanto melhor o equipamento, mais caro ele é, porém, o mercado tem ótimas opções de custo x benefício. Temos de encontrar
aquilo que se enquadra em nossa situação ou condição financeira.

Alcance
Quanto maior o local onde instalaremos nossa rede WI-FI, mais equipamentos ou melhores eles devem ser. Hoje temos várias
soluções que cobrem a necessidade de locais de grande porte como as redes MESH. A rede MESH é uma rede de dois ou mais
dispositivos unificados pelo mesmo nome. Estes dispositivos trabalham em conjunto com uma comunicação independente
dispensando assim a necessidade de cabos para conectá-los. A rede MESH trabalha como o mesmo nome de rede possibilitando
assim a alternância entre dispositivos sem a desconexão e conexão de um para o outro proporcionando a tão sonhada estabilidade.

Tecnologia
Devido a vasta gama de opções em dispositivos, a escolha de qual comprar se enquadra mais no que precisamos. Devemos levar em
conta qual a velocidade temos, a estabilidade que precisamos e o alcance que queremos. Ainda, devemos levar em conta o perímetro
do local e obstruções. Fazendo isso acertaremos em cheio na nossa escolha.

Velocidade
Qual o melhor plano? Nem sempre é o de maior velocidade, mas sim, aquele que se enquadra melhor em nosso uso. De acordo com o
número de dispositivos e serviços que utilizamos, fazemos um cálculo aproximado e encontramos a melhor solução. Então, fazemos a
escolha de um roteador ou rede compatível com a nossa necessidade.

Estabilidade A tão sonhada estabilidade. Para conseguirmos estabilidade devemos escolher roteadores compatíveis com a nossa velocidade e
alcance. Também devemos verificar se a tecnologia de nossos equipamentos Wi-Fi é antiga demais. A partir daí, unindo todos os
quesitos anteriores alcançaremos a estabilidade.
OBS: é importante sempre ter em mente que o Wireless/Wi-Fi é passível de interferência e instabilidade mesmo com a melhor
tecnologia. Caso seja imprescindível a estabilidade, recomenda-se utilizar o cabo de rede.
10Aplicativos e serviços: possíveis causas de problemas
Quando utilizamos um aplicativo ou serviço estamos sujeitos a problemas por parte dos mesmos. Esses serviços tem servidores que
armazenam dados das plataformas e estão sujeitos a ataques, indisponibilidades e falhas. Isso pode afetar a nossa experiência ou
utilização. Na maioria dos casos, ligamos imediatamente para o provedor pensando que o problema está lá, mas não é o que
geralmente acontece.
Dito isso, o que fazer quando tenho um problema? Podemos testar em outros dispositivos, reiniciar a nossa rede desligando e ligando
nossos equipamentos, trocando nosso DNS, atualizar nossos aplicativos e verificar o status do serviço nos sites das plataformas ou em
sites que monitoram a estabilidade como o Down Detector.
O provedor de internet estará sempre à disposição para ajudar, mas executando esses procedimentos antes e verificando a
disponibilidade, vamos ter mais autonomia na resolução dos problemas em nossa conexão.
Confira nosso Painel de Ocorrências!
Clique aqui
Se os problemas de conexão persistirem, entre em contato conosco.

Suporte:

Segunda a sexta-feira, das 8h30 às 22h | Sábado, das 9h às 21h | Domingo, das 9h às 21h

(35) 3339-2400

Área do Cliente